.

Confira a programação do CCBJ para o mês de Outubro. 

.

DIA 2 | TERÇA-FEIRA

14h – [TERÇA LITERANDO] AULA-SHOW com LEMINSKI E RUIZ. 

Entrada: Gratuita.
Local: Espaço da Palmeira.
Classificação Etária: Livre.

Estrela Leminski e Téo Ruiz tem vasta experiência em ministrar oficinas e, também, realizar shows de pequeno porte (voz e violão) em eventos de literatura, comunidades, regionais da cidade, escolas públicas, etc. Dessa forma, a proposta desse projeto é realizar um bate-papo musical, que mistura a experiência de uma oficina/workshop com a apresentação musical em si. Nesta apresentação, intimista e próxima do público, pretende-se discutir um pouco sobre literatura e música, a proximidade da letra da canção com a poesia, através da obra de Paulo Leminski, Alice Ruiz e dos próprios artistas, que são compositores e atuantes há mais de 10 anos. Recentemente, lançaram o disco “Tudo que não quero falar sobre amor”, um álbum visual que já se destacou antes mesmo do lançamento. Os clipes eram lançados mensalmente antes do show oficial, e desde então vem chamando a atenção de crítica e público. Desde o ano passado estão realizando a turnê desse trabalho, passando por festivais importantes como Se Rasgum (Belém-PA), Morrostock (RS), Psicodália (SC), Festival de Inverno de Garanhuns (PE) e este ano foram convidados para festivais no México, Canadá e Portugal, além do Ecléticos, em Fortaleza. Compartilhar essa experiência com o público também é algo que será possível através desse bate-papo musical. No repertório, entre as falas e reflexões sobre a obra de Leminski e Alice, irão se revezar cantando composições de ambos e também de seu novo trabalho autoral e outras composições.

 

DIA 4 | QUINTA-FEIRA

14h – [FESTIVAL TIC] MOSTRA comKIDS 

Entrada: Gratuita.
Local: Biblioteca.
Classificação Etária: Livre.

A Mostra comKids, realizada anualmente em São Paulo e que neste ano chega a Fortaleza. São 22 produções produzidas no Brasil, Argentina, Colômbia e Uruguai que abordam, com sensibilidade e criatividade, temas como cidadania, identidade, gênero, família, entre outros. A mostra é uma das ações do Festival TIC, iniciativa que reúne e articula profissionais do setor de mídia e cultura para a infância e adolescência no Brasil, na América Latina e na Península Ibérica. Seu objetivo é promover conteúdos audiovisuais de qualidade para crianças e jovens que buscam um olhar cuidadoso e uma conexão criativa com os pequenos. Com acesso gratuito, vão ser ofertadas, ao todo, 16 sessões, sendo 8 destinadas a crianças até 7 anos de idade e 8 para crianças com a faixa etária de 7 a 14 anos. Cada sessão é composta por diversos curtas, com duração total em torno de uma hora cada.

Programação:

– Meninos e reis, 16’01” (Brasil)

– A culpa é do Neymar, 10’47” (Brasil)

– Um ano novo danado de bom, 18’16” (Brasil)

– Caminho dos Gigantes, 11’53” (Brasil)

Duração total: aprox. 58 min.

 

19h – [TEATRO EM PAUTA]  Espetáculo RELATO FINAL, Cia. Teatral Acontece.

Entrada: Gratuita.
Local: Teatro Marcus Miranda.
Classificação Etária: 10 anos.

O espetáculo Relato Final surgiu de uma pesquisa sobre como as pessoas se sentem depois de terem passado por uma experiência de morte de seres amados que partiram de suas vidas.  Além de filmes e livros, os atores da Cia. Teatral Acontece também se debruçaram em uma pesquisa de campo no qual duas perguntas eram feitas aos amigos e conhecidos a primeira era Qual sua sensação ao perder essa pessoa? E a segunda era, se essa pessoa pudesse voltar o que você falaria ou faria pra ela que você falou em vida?
As respostas eram na maioria das vezes bem emocionantes e foi com essa emoção que começamos a fazer improvisação baseado nos relatos das pesquisas, após as improvisações fizemos uma seleção de cenas que pudessem mesmo parcialmente responder as duas perguntas que fizemos aos nossos entrevistados, assim Neto Sier partiu para costurar a dramaturgia do espetáculo. Após definida a dramaturgia fizemos uma pesquisa fundamentada na cultura oriental, visto que eles dialogam melhor com o tema da morte mais do que no ocidente.
A direção foi feita de forma colaborativa onde os artistas Felício da Silva que trouxe seu olhar de fora da cena, Almeida Júnior e Neto Sier com o olhar de dentro da cena em grandes debates resolveram as situações cênica, Felício da Silva também assina os figurinos e a direção de arte. A maquiagem ficou por conta de Caio Mayrinky que deu sua enorme contribuição para a caracterização dos personagens. A fotografia do espetáculo é de Eduardo Ramos fotografo que vem acompanhando a Cia. Teatral Acontece já um bom tempo e que enxerga a alma das cenas.
O espetáculo estreou em abril de 2017 ficando em temporada também no mês de maio no Sesc Emiliano Queiroz. Em junho foi apresentado no Cuca Jangurussu, em julho na programação do XIV Fecta ,em agosto na programação do centro Cultural Banco do Nordeste. Em 2018 apresentamos em março na programação de artes integradas do SESC, em maio no Cuca Barra e Cuca Mondubim. Nessas apresentações o público se envolveu e se emocionou a cada instante da história.
Por ser um espetáculo que dialoga com a alma humana, o faz necessário continuar afetando os corações que tem dificuldades em aceitar as perdas. Percebemos depois da estreia que nosso público saia das apresentações impactado e muitos deles falaram de como o espetáculo os fez refletir sobre o aprender a conviver melhor com as pessoas.

 

DIA 5 | SEXTA-FEIRA

19h – [SEXTA COM DANÇA] Espetáculo VIRAÇÃO, Dayana Ferreira de Souza.

Entrada: Gratuita.
Local: Teatro Marcus Miranda.
Classificação Etária: Livre.

Viração é um trabalho que parte da investigação de possibilidades coreográficas e dramatúrgicas afinadas com o universo ritual indígena, dialogando também com as questões sócio-políticas sobre o lugar do índio na atualidade.

 

DIA 9 | TERÇA-FEIRA

9h – [CULTURA E INFÂNCIA] Visita Guiada na Caixa Cultural

Entrada: Gratuita.
Local: Caixa Cultural
Classificação Etária: 6 a 12 anos.

Exposição Mostra Mundo Giramundo
A “Mostra Mundo Giramundo”, uma coleção de peças de conteúdo lúdico e educativo que busca
revelar o modo de trabalho e o processo criativo do grupo, nacionalmente conhecido por atuar
com o universo do teatro de bonecos. Com mais de 150 obras, a mostra faz um
panorama de 15 anos da trajetória do artista gaúcho, que é um dos principais nomes das
histórias em quadrinhos da atualidade.
Exposição O Ordinário Rafael Sica
Com mais de 150 obras, a mostra faz um panorama de 15 anos da trajetória do artista gaúcho, que
é um dos principais nomes das histórias em quadrinhos da atualidade. Rafael Sica é dono de um
traço único que preza a riqueza de detalhes em uma narrativa silenciosa, mas extremamente
contundente. Grande parte de sua obra é composta por quadrinhos sem textos, característica
encarada por muitos críticos como um dos grandes diferenciais de seu trabalho. A ausência dos
diálogos se mostra como uma abertura à interpretação do leitor: “Existe uma narrativa, mas é
gráfica, visual. Exige que o leitor complete o trabalho. Fui tirando o texto das tiras,
diminuindo o número de palavras, fui me dando conta de como isso potencializava as
interpretações”, explica Sica.

.
9h30; 14h – [TERÇA LITERANDO] Contação de Histórias

Entrada: Gratuita.
Local: Biblioteca
Classificação Etária: Livre.

Histórias retiradas do livro “Chifres da Hiena e Outros Contos da África” e do livro Contos
Tradicionais do Brasil.

.

DIA 10 | QUARTA-FEIRA

9h; 14h – [QUARTA LEVE] Jardim de Leitores

Entrada: Gratuita.
Local: Biblioteca.
Classificação Etária: Livre.

Sobre a Quarta Leve: Intervenção Literária com alguns trechos de livros, poesias direcionados à
crianças como incentivo à leitura. Os materiais estaram dispostos no chão proporcionando uma
dinamica diferente de leitura.

.

9h; 15h; 19h – [FESTIVAL TIC] A GALINHA DO PAPO DE PÉROLAS, Comedores de Abacaxi

Entrada: Gratuita.
Local: Teatro Marcus Miranda.
Classificação Etária: Livre.

A obra perpassa pelo caminho do lúdico e também do pedagógico, encontrando dialogo direto com a
comédia de costume, com amarrações bem pensadas, dando características bem particulares e
divertidas a turma da Galinha do Papo de Pérolas. Lilica, a personagem principal, é uma
fanfarrona, no melhor sentido da palavra. E prega peças em seus amigos e, por fim é quem se
torna o pilar da turma, pois é Lilica quem dá vida ao grupo, que leva alegria e também
dinamismo e a vitalidade da criança para a cena.

.
19h – [CINEMA NO BOM JARDIM] MOSTRA: Monstros no Cinema

Entrada: Gratuita.
Local: Cineclube.
Classificação Etária: 14 anos.

O projeto vem apresentar a prática do Cineclubismo para o gênero terror, apresentando durante
os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro sessões temáticas que despertem o interesse
pela 7ª arte e traga a tona debate sobre as possibilidades de realização de obras neste sentido
para com a comunidade. A proposta é realizar sessões aos sábados, iniciando às 16 horas durante
os meses supracitados no teatro ou no próprio Cine Clube do CCBJ.

Nesta quarta o projeto apresenta: Drácula (1931) – Direção: Tod Browning / SINOPSE: Drácula é um conde vindo dos Cárpatos que aterroriza Londres por carregar uma maldição que o obriga a beber sangue humano
para sobreviver. Após transformar uma jovem em vampira ele concentra suas atenções em uma amiga
dela.

 

 

.
DIA 11 | QUINTA-FEIRA

9h30 – [BIBLIOTECA] Zumb’arte

Entrada: Gratuita.
Local: Biblioteca.
Classificação Etária: Livre.

Atividade com as alunas de Zumba do CCBJ. Propõe-se leitura de trechos de livros para conversa.

.

15h – [SEMANA DA CRIANÇA CCBJ] Lançamento do Livro “Menino Amarelo”, de Oswald Barroso

.

19H – [TEATRO] PALHAÇOS CONTRA A GUERRA, Cia Teatrinho de Palhaços e Brincadeiras

Entrada: Gratuita.
Local: Teatro Marcus Miranda.
Classificação Etária: Livre.

É um grito do protagonismo infantil na cena teatro contra uma sociedade Adultocêntrica. Conta a história dois palhaços que a contragosto e enganados pelo ideário nacionalista são enviados para a guerra, em território inimigo vivenciam os sentimentos gerados pela guerra e passam a refletir criticamente o conflito. Narrativas de guerra e os efeitos desta para a infância fazem os personagens decidirem pôr fim à guerra, a dificuldade de comunicação é superada com a exaltação da brincadeira.

.

DIA 13 | SÁBADO

14h – [FESTIVAL TIC] Mostra comKIDS

Entrada: Gratuita.
Local: Cineclube.
Classificação Etária: Livre.

A Mostra comKids, realizada anualmente em São Paulo e que neste ano chega a Fortaleza. São 22
produções produzidas no Brasil, Argentina, Colômbia e Uruguai que abordam, com sensibilidade e
criatividade, temas como cidadania, identidade, gênero, família, entre outros.

A mostra é uma das ações do Festival TIC, iniciativa que reúne e articula profissionais do
setor de mídia e cultura para a infância e adolescência no Brasil, na América Latina e na
Península Ibérica. Seu objetivo é promover conteúdos audiovisuais de qualidade para crianças e
jovens que buscam um olhar cuidadoso e uma conexão criativa com os pequenos.

Com acesso gratuito, vão ser ofertadas, ao todo, 16 sessões, sendo 8 destinadas a crianças até
7 anos de idade e 8 para crianças com a faixa etária de 7 a 14 anos. Cada sessão é composta por
diversos curtas, com duração total em torno de uma hora cada.

 

Programação:
Programação Pipoca (até 7 anos)
– Lendas Animadas – O Jabuti e a fruta, 5’ (Brasil)
– Ba, 13’57” (Brasil)
– Amigos – amor no carrossel, 11’, (Argentina)
– Guilhermina e Candelario – Quiero ser yo, 12’ (Colômbia)
– Que medo! Aquitã o indiozinho, 4’15” (Brasil)5555
Duração total aprox. 47 min

Programação Pingue Pongue (até 14 anos)
– Meninos e reis, 16’01” (Brasil)
– A culpa é do Neymar, 10’47” (Brasil)
– Um ano novo danado de bom, 18’16” (Brasil)
– Caminho dos Gigantes, 11’53” (Brasil)
Duração total: aprox. 58 min

Programação Pipa (até 7 anos)
– Vamos nessa? Brincando no Quintal, 15’26” (Argentina)
– Eric acorde, 07’43” (Brasil)
– Macacada, 04’06” (Brasil)
– A cor da água, 05’32” (Uruguai)
– Meia lua e as noites mágicas, 14’54” (Argentina)
– Que medo – Hugo o monstro, 4’09” (Brasil)
– Fim da fila, 02’47” (Brasil)
– Ninja, 03’44” (Brasil)
Duração total: aprox. 59 min

Programação Bambolê (até 14 anos)
– Chatarra, 04’51” (Uruguai)
– Procura-se, 12’35” (Brasil)
– O samba daqui, 15’01” (Brasil)
– Juro que vi – Boto, 12’47” (Brasil)
– Delícias Asquerosas – Carrapato Mutante, 08’ (Colômbia)
Duração total: aprox. 54 min

.

18h – [COMUNIDADE NA PAUTA] PESANDO, Gangster Ghetto

.

19h30 – [TODOS OS SONS] FORRÓ COMO ANTIGAMENTE, Daniela Campelo

.

DIA 14 | DOMINGO

13h – [PINTANDO E BRINCANDO] É O BRINCA! – DIA DAS CRIANÇAS

Entrada: Gratuita.
Local: Praça Central/Ateliê/Teatro Marcus Miranda.
Classificação Etária: Livre.

Atividades recreativas e ludicas para crianças, nesse final de semana com programação especial.

Programação:
13h – Atividades Lúdicas (Praça Central)
14h – Oficina de Corneta com Marcos Melo (Ateliê)
15h – Bailinho Infantil, Charanga do Tio Marcão (Praça Central)
16h – Palhaço Tio Picolé e Sorvetinha, Grupo T’Arte de Teatro (Praça Central)
17h – Espetáculo Sonhos, Mágico Goldini (Teatro Marcus Miranda)

 

DIA 16 | TERÇA-FEIRA

15h30 – [TERÇA LITERANDO] Ilustr(A)ção, Rafael Limaverde e Paula Yemanjá.

Entrada: Gratuita.
Local: Biblioteca.
Classificação Etária: Livre.

Ilustr(A)ção é uma ação performática onde se mistura artes visuais e narração de histórias. Do encontro de um ilustrador, uma narradora e um grupo de crianças sedentas por histórias, tudo pode acontecer: Personagens serão desenhados a partir de sugestões do público, tramas narrativas surgirão de forma colaborativa, uma história será encenada a cada apresentação.

.

DIA 17 | QUARTA-FEIRA

9h; 14h – [QUARTA LEVE] Jardim de Leitores

Entrada: Gratuita.
Local: Biblioteca.
Classificação Etária: Livre.

Sobre a Quarta Leve: Intervenção Literária com alguns trechos de livros, poesias direcionados à crianças como incentivo à leitura. Os materiais estaram dispostos no chão proporcionando uma dinamica diferente de leitura.

.

19h – [CINEMA NO BOM JARDIM] MOSTRA: Monstros no Cinema

Entrada: Gratuita.
Local: Cineclube.
Classificação Etária: 14 anos.

Nesta quarta-feira: O LOBISOMEM
Sinopse: Depois da morte do irmão, Larry Talbot retorna à sua cidade natal, onde acaba sendo atacado por um lobo ao tentar salvar uma moça. Após a mordida, ele descobre por meio de uma cigana que passará a se transformar em um lobisomem em todas as noites de lua cheia. Com isso, o que Larry mais deseja é se curar dessa bizarra transformação que ele não pode controlar.
Dirigido por: George Waggner.

.

DIA 18 | QUINTA-FEIRA

 

DIA 19 | SEXTA-FEIRA

14h – [SEXTA MULTI] Karaokê!

Entrada: Gratuita.
Local: Biblioteca.
Classificação Etária: Livre.

Na Biblioteca vai acontecer mais um Karaokê! Momento de descontração para o final de semana.

.

19h – [SEXTA COM DANÇA] No’tro Corpo, João Paulo Lima.

Entrada: Gratuita.
Local: Teatro Marcus Miranda.
Classificação Etária: Livre.

NO’TRO CORPO é um ensaio sobre as possibilidades do corpo. O que nos constitui corpo, sujeitos de nós mesmos e de nossos movimentos? Uma dança que deseja reagir, resistir e empoderar.

.

DIA 20 | SÁBADO

18h – [CHAMADA PÚBLICA] DEATHRONE, Encéfalo

Entrada: Gratuita.
Local: Praça Central.
Classificação Etária: Livre.

O show Deathrone – Lançamento do Disco Deathrone (2018). No show é executado o terceiro disco na íntegra mais músicas dos discos anteriores Slaves of Pain (2012) e Die To Kill (2014) este último Lançado no Bom Jardim através da Temporada de Arte Cearense 2014 no projeto Praça das Artes.

.

19h30 – [TODOS OS SONS] FORRÓ MANZAPE

Entrada: Gratuita.
Local: Praça Central.
Classificação Etária: Livre.

 

DIA 21 | DOMINGO

14h – [PINTANDO E BRINCANDO] É O BRINCA!

Entrada: Gratuita.
Local: Praça Central.
Classificação Etária: Livre.

.

17h – [É O BRINCA! CONVIDA]  Espetáculo “Putz, a menina que buscava o sol”, Companhia Prisma de Artes

Entrada: Gratuita.
Local: Teatro Marcus Miranda.
Classificação Etária: Livre.

Uma trajetória lúdica em busca de si mesma. Putz é uma menina inquieta, viva e disposta mesmo quando triste. Como a mãe, o pai, os irmãos querem que ela seja de uma determinada cor, ou de um determinado jeito, resolve buscar o sol que tem em todas as cores, ou todas as experiências.Para isso atravessa a terra do fogo, da água e dos ventos em companhia de amigos que vão contribuindo com essa trajetória. Brincando vão crescendo, vencendo os medos, enfrentando os desafios e descobrindo a força de estar juntos.O espetáculo pontua a trajetória/crescimento de Putz com ritos de passagem que são, simbolicamente, pontuados por antigas brincadeiras infantis, músicas, coreografias e por elementos circenses.Um convite para crianças e adultos que acreditam que, brincando, construímos outras possibilidades de vida.

.

DIA 24 | QUARTA-FEIRA

19h – [Bienal Internacional de Dança] – “Lança”, Trajetos Encena

Local: Teatro Marcus Miranda

Entrada: Gratuita

Classificação Etária: Livre

O espetáculo Lança fala de jovens que dançam como manifestação de autonomia. Seus movimentos arremessam desejos que atravessam o espaço e tocam outras pessoas. Esses jovens querem um mundo intenso, mais alegre, sem preconceitos. Quando crescerem, querem ser bailarinos, médicos, psicólogos, grandes, felizes! Os bailarinos são aqui desafiados a agir com atitude corajosa na trajetória infinita dos movimentos que se assemelha à própria vida. O trabalho desenvolvido pelos coreógrafos Ângelo Madureira e Ana Catarina Vieira foi criado originalmente para a primeira turma que se formou no Curso de Formação Básica em Dança da Vila das Artes, em 2017. A versão ora apresentada foi ampliada e adaptada para o elenco atual.

.

DIA 25 | QUINTA-FEIRA

14h – [EXPOSIÇÃO] Fotopoesia – Foto & Poesia

Local: Espaço da Palmeira

Entrada: Gratuita

Classificação Etária: Livre

Fotopoesia é uma união entre a magia da fotografia com a beleza da poesia. É o conjunto de fotografias que tem em cada foto apresentando um pouco da poesia sobre o tema mostrado.

.

19h – [TEATRO EM PAUTA] “Retorno a Jubelano”, Grupo Anima

Local: Teatro Marcus Miranda

Entrada: Gratuita

Classificação Etária: Livre.

O RETORNO A JUBERLANO foi desenvolvido no Laboratório de Criação Teatral do Porto Iracema das Artes, em Espetáculo que se utiliza da linguagem do Teatro de Objetos para propor releituras de quadros do artista plástico naif Chico da Silva. Objetos-puros, deslocados de sua função; Objetos-dejetos, carregados de memória, e descartados pelo tempo de uso ou pela perda da utilidade; compõe um ponto de intersecção e atravessamento, no qual os intérpretes-criadores, Cleomir Alencar, Fátima Muniz e Tatiane Sousa, recriam um espaço-tempo: Juberlano. Lugar inventado por Chico para abrigar os seres que pintava nos muros do bairro Pirambu, em Fortaleza. Rede de pesca, pedaços de jangada, toco de mastro, retalhos de corda, entre outros objetos em cena, instauram um ambiente metafórico, construído na relação de escuta ampliada com os intérpretes-criadores, propondo um percurso de aprofundamento na atmosfera de sua matéria e memória. Desse modo, o universo pictórico do pintor naif é tridimensionalizado, considerando os quadros como dispositivos para criação e superando a reprodução das imagens sugestionadas.

.

DIA 25 | SEXTA-FEIRA

19h – [Bienal Internacional de Dança] – “Sagrações da Primavera”, Trajetos Encena

Local: Teatro Marcus Miranda

Entrada: Gratuita

Classificação Etária: Livre

Esse é um espetáculo depoimento! Fala sobre as histórias que ouvimos, presenciamos e inventamos. Porque dançar para nós também é inventar realidades. Se a sagração de Nijinsky conta a história de um povoado onde uma jovem é sacrificada para uma boa colheita, a nossa sagração revela o cotidiano do bairro Vicente Pinzon, dos sacrifícios diários e das alegrias constantes. O Vicente Pinzon é um bairro dançante! Quem mora lá vive no equilíbrio de sagrar-se em todas as estações. Se a música de Stravinsky é revolucionária para a história da música, aqui as pequenas revoluções diárias é que sustentam as vontades e desejos de cada um que dança. Dançar no Vicente Pinzon é realmente revolucionário. Sobre o que vamos falar/dançar? Sobre as particularidades universais desses jovens. Do Passado. Do futuro. Do tempo presente. Entre o perigo e o mar, Entre o farol e o futuro. Vicente Pinzon dança sua “Sagração da Primavera”.