O Centro Cultural Bom Jardim divulga o resultado parcial da Chamada Pública para Formadores Locais do Grande Bom Jardim 2017,  publicada dia 24 de agosto.  Abaixo seguem as informações e o cronograma de acompanhamento do processo seletivo. A primeira data final de inscrição foi 02 de setembro, tendo sido prorrogada até dia 06 de setembro.

Confira a lista de propostas deferidas aqui: Resultado Parcial

Foram inscritas 24 propostas, sendo:

CARGA HORÁRIA QUANTIDADE DE VAGAS PROPOSTAS INSCRITAS
20 horas 04 vagas 03
40 horas 04 vagas 08
60 horas 04 vagas 13
480 12 24

Destas, 01 inscrição teve erro de inscrição (inscrição duplicada e incompleta); e 02 inscrições de proponentes NÃO residentes do Grande Bom Jardim, que foram desclassificados por descumprimento dos itens 1 e 2, respectivamente, Apresentação e Objetivo, do Edital​.

Das 24 propostas inscritas, 10 apresentaram pendências de documentação, conforme as regras da Chamada Pública, subitens 5.3 e 5.6. Foi dado prazo para diligência técnica. Ao final do prazo, dos 10 proponentes com pendências, 01 não apresentou documentação básica necessária e foi, portanto, desclassificado do certame​.

Conforme documento oficial Chamada Pública, subitem 6.4, dos Critérios de pontuação das propostas:

CRITÉRIOS PONTUAÇÃO
Relevância social e conceitual para o contexto territorial em articulação com as instituições socioculturais 0-3 Pontos
Criatividade da proposta e viabilidade de execução 0-3 Pontos
Experiência do facilitador em projetos de formação 0-2 Pontos
Promoção de inserção no mercado da área cultural e social 0-2 Pontos

A Comissão de Avaliação (curadoria) teve acesso, de forma digital, a todos os instrumentais de inscrição. Foi preparado instrumental específico de avaliação de propostas, segundo critérios identificados acima.

A Comissão teve um prazo de mais de 07 dias para apreciação das propostas. Cada avaliador procedeu à sua avaliação individualmente. Em seguida, os resultados de avaliação de cada avaliador foram somados. Cada proposta recebeu, portanto, uma nota geral de cada avaliador. Esta nota geral de cada avaliador foi somada, e desta foi tirada uma média geral por cada proposta apta inscrita.

Conforme subitem, 6.2 da Chamada Pública, a Comissão de Avaliação é soberana em seus pareceres. Esta adotou uma estratégia de orientação de readequação de carga horária de propostas no sentido de contemplar ao máximo as propostas inscritas válidas. Também acolheu a orientação do pleno do Encontro com Proponentes para Orientação Técnica e tira-dúvidas, realizado dia 29 de agosto de 2017, onde as boas propostas NÃO selecionadas poderiam ser sugeridas à incorporação da grade de 1.500 horas formativas da Escola de Cultura e Arte, do Jardim de Gente, CCBJ.

De acordo com o subitem 8.1 da Chamada Pública, o proponente que se sentir sucumbente do resultado parcial terá um prazo de 48 horas, a contar da data/hora de publicação dos resultados parciais, para apresentar recurso.

O instrumental de recurso pode ser acessado neste link, impresso e entregue no CCBJ (de 8h30 às 17h): Recurso

CRONOGRAMA:

Dia 24 de agosto – Abertura das inscrições

Dia 02 de setembro – Prorrogação de prazo

Dia 06 de setembro – Finalização do período de inscrição de propostas

Dia 12 de setembro – Formalização da composição da Comissão de Avaliação – Curadoria;

Dia 18 de setembro – Diligência técnica aos proponentes com inscrições com pendências documentais

Dia 21 de setembro – Finalização de prazo para sanar pendências documentais

Dia 22 de setembro – Reunião da Comissão de Avaliação – Curadoria/nivelamentos de processo e divisão de trabalho

Dia 25 se setembro – Reunião da Comissão de Avaliação – Curadoria/fechamentos resultados parciais

Dia 26 de setembroDivulgação de resultados parciais;

Dias 27 e 28Período recursal para proponentes sucumbentes

Dia 29 de setembroAnálise de recursos

Dia 02 de outubro Resultado final

Dias 03 e 04Habilitação dos proponentes selecionados

Dia 05 de outubro/15hEncontro Formação e Cultura com proponentes selecionados